Grupo de Apoio ao Luto – Campos Novos/SC

O Grupo de Apoio ao Luto, na cidade de Campos Novos SC, iniciou em Março/2017  e é coordenado pela Psicóloga Flavia Darold. Oferece a participação para 10 pessoas  que vivenciam situações de perdas e Luto por morte. Os encontros estão com datas programados de março a dezembro, é oferecido de forma gratuita a comunidade. Interessados Leia mais sobreGrupo de Apoio ao Luto – Campos Novos/SC[…]

Suicídio: o luto dos sobreviventes (Vanessa Osmarin, 2015)

Trabalho apresentado como requisito parcial para conclusão de curso de Formação em Aconselhamento Psicológico para o Luto 2015 Vanessa Maria Osmarin Graduada em Psicologia Clínica pela Universidade de Caxias do Sul – RS, Possui Formação em Aconselhamento Psicológico para o Luto pelo Instituto Luspe – RS, Aluna em Especialização em Psicoterapias Cognitivo-comportamentais: da Primeira à Leia mais sobreSuicídio: o luto dos sobreviventes (Vanessa Osmarin, 2015)[…]

“Voltar para casa”. Por: Ana Reis

Produção dedicada ao Frei Renato Zanolla, publicada na Revista Despertai para o amor – edição 10. “Na casa da alma existem muitos cômodos”. É vasto espaço, por isso a solidão é no humano o sinal do infinito, profundidade, extensão e transcendentalidade. As pessoas tendem a entender mal a solidão, este vazio que nos acompanha. É natural, Leia mais sobre“Voltar para casa”. Por: Ana Reis[…]

Uma ponte entre o Amor Vivido e o Amor Eterno. Por: Ana Reis

Palestra proferida no 1º Seminário de Doação de Órgãos e Tecidos da Serra – CIHDOTT do Hospital Pompéia / 0P04. Agosto de 2011. Homenagem a Katia G. Viana. Coube a mim convidá-los para refletir, sobre a doação de órgãos dentro da perspectiva do Luto na Psicologia; e do Luto na Espiritualidade, com o intuito de instrumentalizá-los neste campo de Leia mais sobreUma ponte entre o Amor Vivido e o Amor Eterno. Por: Ana Reis[…]

Transições Familiares. Por: Ana Reis

 Do Nascimento dos filhos ao Ninho vazio, o que é Esperado e Normativo viver[1] (Jornal do Lareira, Caxias do Sul, 2015) Há uma tendência natural de senso comum em compreender que a família concreta surge integralmente com o nascimento de um terceiro, isto é, de um filho. Particularmente penso que casais sem filhos podem sentir-se Leia mais sobreTransições Familiares. Por: Ana Reis[…]